Balanço Positivo no Brasil PDF Imprimir e-mail

 O Grupo faz um balanço positivo da sua aposta no Brasil, iniciada em 2003, tendo como base a Pipa, então em fase de notoriedade turística internacional, procurando, de forma prudente, ganhar experiência num mercado totalmente desconhecido e muito diferente do nosso.

Em 2008, abriu uma nova frente de investimentos, em Fortaleza, projectando-a como uma diversificação de mercados capaz de se substituir ao mercado imobiliário em Portugal, que representou no virar do século, importante fonte de rendimentos do Grupo, mas que nos anos vindouros, não tem perspectivas de retoma. 

No final deste ano, os activos do Grupo no Brasil, superam os 10 milhões de euros, essencialmente representados por investimentos em terrenos e parcerias em sociedades imobiliárias, na maioria dos casos controladas pelo Grupo, que representam um vigoroso potencial  de trabalho e de negócios.

Em resultado deste enorme esforço de centrar a actividade imobiliária do Grupo no Brasil, é expectável que os primeiros retornos e resultados com algum significado ocorram a partir de 2012, dado o longo ciclo económico deste sector de actividade.

O Grupo possui assim uma nova ferramenta de trabalho, em fase de consolidação, capaz de ajudar à retoma da expansão dos seus negócios imobiliários para os próximos anos e à solidez e sustentabilidade a médio prazo.

Dezembro 2010

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >